Pensar Contábil, Vol. 19, No 69 (2017)

Tamanho da fonte:  Menor  Médio  Maior

Efeito do Reconhecimento do Fair Value Accounting nas Decisões de Venda Diante da Influência dos Vieses Cognitivos: um Estudo à Luz da Prospect Theory

Gilberto Magalhães da Silva Filho, Wenner Glaucio Lopes Lucena, Paulo Amilton Maia Leite

Resumo


Effect of Recognition of Fair Value Accounting on Selling Decisions Facing the Influence of Cognitive Biases: A Study under the Light of Prospect Theory

Resumo
A mensuração a valor justo leva em conta níveis hierárquicos, sendo o nível mais subjetivo o terceiro, uma vez que a mensuração parte da empresa, permitindo uma maior discricionariedade por parte do gestor. A presente pesquisa teve como objetivo verificar se a subjetividade na aplicação do valor justo de nível 3 e os vieses cognitivos afetam o processo de tomada de decisão de venda por parte dos gestores. Para isso, realizou-se um survey, enviando-se os questionários por e-mail para os profissionais de Contabilidade, com a ajuda dos Conselhos Regionais de Contabilidade da Paraíba e de Santa Catarina, e aplicando-os presencialmente aos estudantes de Contabilidade da Universidade Federal da Paraíba. A amostra da pesquisa se formou por 221 participantes que responderam a um questionário com 32 questões. A partir da análise de regressão quantílica, os achados da pesquisa fornecem evidências de que: o nível de discricionariedade adotado na mensuração do valor justo afeta a decisão de venda; os participantes tomam decisão a partir de um ponto de referência (ancoragem); indivíduos mais avessos ao risco adotaram um comportamento mais conservador em sua decisão; e os participantes são mais propensos a aceitarem um valor abaixo do valor justo corrente, quando estão diante de um cenário mais conservador.   Palavras-chave: Fair value accounting, Decisões de venda, Vieses cognitivos, Prospect theory.

Abstract
The measurement at fair value takes into account hierarchical levels, being the most subjective level the third, since the measurement part of the company, allowing a greater discretion on the part of the manager. The present research had as objective to verify if the subjectivity in the application of the level 3 fair value and the cognitive biases affect the decision making process of sale by the managers. For this, a survey was carried out, sending the questionnaires by e-mail to the Accounting professionals, with the help of the Regional Accounting Councils of Paraíba and Santa Catarina, and applying them face-to-face to Accounting students from Federal University of Paraiba. The sample of the research was formed by 221 participants who answered a questionnaire with 32 questions. From the quantile regression analysis, the research findings provide evidence that: the level of discretion adopted in the measurement of fair value affects the sale decision; Participants make their decision from a reference point (anchor); Risk-averse individuals adopted more conservative behavior in their decision; And participants are more likely to accept a value below current fair value when faced with a more conservative scenario.

Keywords: Fair value accounting; Sales decisions, Cognitive biases, Prospect theory.


Texto Completo: PDF

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0.

Submissões de Artigos enviar para o email pensarcontabil@crcrj.org.br

CONCEITO QUALIS/CAPES: B2

ISSN eletrônico: 2177-417X
ISSN Impresso: 1519-0412

Esta revista está indexada em www.latindex.org. , www.spell.org.br, e www.cnen.gov.br/centro-de-informacoes-nucleares/livre e www.ebsco.com


      

 

EBSCO